Serviços

Coleta e Análise de Água de Poços Artesianos

Conforme:

  • SIMPLIFICADA A SIM - PORTARIA DAEE nº 2292 14/12/2006 Reti-Ratificada em 03/08/2012
    Vigora para usos de recursos hídricos destinados às necessidades domésticas de propriedades e de pequenos núcleos populacionais.
  • Portaria Nº 2914/2011 MS
    Dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade.
  • Resolução SS 65/2005
    Coloca os procedimentos e responsabilidades relativos ao Controle e Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano.
  • RDC nº 154
    Estabelece o Regulamento Técnico para o funcionamento dos Serviços de Diálise.

Coleta e Análise para Estabelecimento Farmacêutico

Farmacopeia Brasileira, 5ª Edição – 2010 vol. 1 e vol. 2:

  • Água de abastecimento.
  • Água purificada.

Análise de Monitoramento

Decisão da Diretoria nº 045/2014/E/C/I, de 20 de fevereiro de 2014:

  • Valores Orientadores para Solos e Águas Subterrâneas - SP / CETESB
    Dispõe sobre a aprovação dos Valores Orientadores para Solos e Águas Subterrâneas no Estado de São Paulo.

Coleta e Análise de Efluentes

Conforme:

  • Decreto Nº 8.468
    Regulamento da Lei nº 997, de 31 de maio de 1976, que prepara sobre a Prevenção e o Controle da Poluição do Meio Ambiente.
  • CONAMA no. 357
    Classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento, e estabelece as condições e padrões de lançamento de efluentes.
  • CONAMA no. 397
    Alteração do CONAMA no. 357 que dispõe sobre a classificação dos corpos d' água e padrões de lançamento de efluentes.
  • Resolução CONAMA no. 430
    Alteram parcialmente e complementa a Resolução no. 357, de 17/03/2005.
  • CONAMA no. 375
    Estabelece critérios e procedimentos, para o uso agrícola de lodos de ETE (Estação de Tratamento de esgoto) e seus produtos derivados.
  • CONAMA no. 380
    Modifica partes do CONAMA no. 375. Define critérios e procedimentos para o uso agrícola de lodos tratamento de esgoto sanitário e seus produtos derivados.
  • COPAM /CERH-MG no 01
    Lançamento de Efluentes em Minas Gerais.
  • CONAMA no. 396
    Classificação para o enquadramento das águas subterrâneas.

Coleta e Análise de Águas Minerais

Conforme:

  • RDC n° 274 ANVISA
    Atende o "REGULAMENTO TÉCNICO PARA ÁGUAS ENVASADAS E GELO".
  • RDC no. 275 ANVISA
    Atende o "REGULAMENTO TÉCNICO DE CARACTERÍSTICAS MICROBIOLÓGICAS PARA ÁGUA MINERAL NATURAL E ÁGUA NATURAL".

Caracterização de Resíduos

Pela norma ABNT NBR 1004/05/06/07:

  • Classifica resíduos sólidos e líquidos
    Caracterização Simples e Completa.